segunda, 24 de junho de 2019
 
CAI INDICE DE INFESTAÇÃO DA DENGUE EM LUIZIANA

A Secretaria de Saúde de Luiziana, através dos agentes de Endemias vem realizando bloqueio e orientação aos moradores desde o mês passado quando um Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), indicou um índice de infestação de 9,2% do transmissor da dengue. O índice tolerável pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 1%.

A notícia boa é que todo trabalho tem mostrado um resultado positivo em Luiziana, na última semana um levantamento do LIRA mostrou a queda na infestação do transmissor da dengue no município. O índice caiu de 9,2% para 1,3%, enquanto que vários municípios da região continuam a luta contra o mosquito transmissor da doença.

O mosquito é responsável também por casos de febre chikungunya e contaminação pelo vírus da zika.

De acordo com o Secretário de Saúde de Luiziana, Edson Liss, os principais criadouros são os locais com acúmulo de lixo, os depósitos de água como copos descartáveis, plásticos como sacolas, bebedouros de animais e vasos de planta. “Quando nós fazemos o trabalho de orientação e temos a colaboração da comunidade o resultado é a queda do índice de infestação, pois com a eliminação dos criadouros do mosquito o resultado é positivo, mas os cuidados devem continuar os mesmos, pois para o mosquito não existem barreiras e ainda estamos acima do índice tolerável pela Organização Mundial da Saúde”, disse Edson Liss.

Para prevenir a chegada da doença veja alguns cuidados importantes:

1 - Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.

2 - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.

3 - Não jogue lixo em terrenos baldios.

4 - Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.

5 - Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.

6 - Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

7 - Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

8 - Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

9 - Lave com freqüência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.

10 - Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com freqüência.

Maritania Forlin - Assessoria de Imprensa

Galeria de Imagens

Fone/Fax: (44) 3571-1287

Atendimento de segunda-feira à sexta-feira das 8h às 11h30 - 13h às 17h30

R. Dr. Miguel Viêira Ferreira, 22
Luiziana - PR, 87290-000

© 2014 Prefeitura de Luiziana - Todos os direitos reservados.